O que é?

O bloqueio na veia principal na retina. A oclusão ocorre, muitas vezes, quando as artérias da retina foram espessadas pela aterosclerose (endurecimento das artérias), cruzando e exercendo pressão sobre uma veia da retina. Quando a veia está bloqueada, as células nervosas do olho podem morrer.

Sintomas

O mais comum de oclusão da veia da retina é a perda de visão, manchas na visão, visão turva parcial ou completa de um olho. A perda da visão ou visão turva é indolor e pode ocorrer de repente ou piorar ao longo de várias horas ou dias. Às vezes, pode ocorrer uma perda súbita e completa da visão. Normalmente, ocorre apenas em um olho.

Causas

As causas estão associadas a fatores de risco que podem levar à doença como idade avançada, pressão arterial elevada, alta taxa de gordura no sangue, diabetes, glaucoma e problemas com a coagulação sanguínea.

Diagnóstico

O oftalmologista dilata os olhos, o que lhe permite examinar mais profundamente a retina para detectar sinais de danos. Para diagnosticar oclusões da veia da retina um exame oftalmológico completo, que inclui os seguintes testes em consulta: exame de fundo, angiografia, retinografia. O exame de OCT (Tomografia de Coerência Óptica) deve ser realizado em todos os pacientes com oclusão venosa.

Tratamento

Em geral, por injeções intravítreas de drogas anti-angiógicas ou medicamentos esteroides e fotocoagulação com laser da retina. Nos casos mais graves, recorre-se à intervenção cirúrgica, sendo mais indicada a vitrectomia posterior. Um estilo de vida com a inclusão de hábitos saudáveis pode ajudar para que a oclusão de ramo venoso não avance.