Hospital de Olhos do Paraná participa da Caminhada do Diabetes, alertando sobre a retinopatia diabética

caminhada_site_pos_evento_2.pngPara reforçar as campanhas do Dia Mundial do Diabetes, aconteceu, no último sábado, 19 de novembro, no Parque Barigui, a 5.ª Caminhada do Diabetes, que contou com o apoio do Hospital de Olhos do Paraná e de várias entidades ligadas ao tratamento da doença. Dr. Carlos Moreira Júnior, chefe do Serviço de Retina do Hospital, esteve presente realizando a caminhada e alertando as pessoas sobre a importância da prevenção e do controle do diabetes, evitando a retinopatia diabética.

 Segundo Dr. Moreira, o paciente com retinopatia diabética queixa-se de “borramento” visual ou dificuldade de leitura. Dr. Moreira alerta que a doença pode levar à cegueira e explica que esses sintomas acontecem porque, com o passar dos anos, o diabético vai fazendo lesões nos pequenos vasos sanguíneos, especialmente no fundo do olho, ou seja, na retina. “Estudos comprovam que pacientes que fazem o controle da glicemia têm menos problemas e o tratamento tem melhores resultados”, diz.

 Iolanda de Oliveira Silva, 71 anos, participou da caminhada, ganhou vários brindes, recebeu orientações e ainda pode fazer o exame de glicemia gratuitamente. Ela não tem diabetes e todo ano faz o exame. Ela se considera uma pessoa saudável, que sabe cuidar da saúde, seja na alimentação ou na prática de exercícios físicos. “Faço hidroginástica e caminhada toda a semana e todo ano verifico o nível de diabetes. Tenho mais saúde que minha filha, que com 52 anos tem colesterol alto e diabetes. É preciso se cuidar”, aconselha.