Curso Básico contribui com a formação de médicos angolanos

professor_angola.jpg

O Hospital de Olhos do Paraná inicia a partir desta edição do Curso Básico que teve início há dias, uma parceria que, em futuro breve, poderá contribuir com a melhor formação de vários jovens médicos angolanos. Os dois primeiros são o Dr. Kiazeyiko Diavingana e Dra. Fenice Helena André Taba.

O objetivo é apresentar-lhes os avanços da oftalmologia, mas, especialmente, os ensinamentos capazes de torna-los aptos a enfrentar as adversas condições de trabalho em sua rotina diária.

O Dr. José Afonso Martins de Moraes é o responsável pelo elo que permitirá unir o Hospital de Olhos do Paraná aos médicos angolanos, conforme explicou em detalhes, durante encontro recente que teve com a Dra. Luciane Moreira, uma das coordenadoras do Curso Básico.

O oftalmologista é brasileiro, mas há muitos anos está radicado no país africano, juntamente com sua esposa, Geisa Moraes, onde ele é diretor clínico da Casa de Saúde Boa Vista (Benguela). Mas a sua atuação notabiliza-se, prioritariamente, aos projetos sociais destinados a propiciar melhores condições à saúde ocular do povo angolano de forma geral.

 A Associação “Solidariedade Evangélica – SOLE ANGOLA” e o Programa “Visão 20/20” da Organização Mundial de Saúde, estão entre as duas ações sociais de alcance com intensa participação do Dr. José Afonso. Ambas demandam profissionais bem formados e treinados, e que são ainda em pequeno número em Angola.