O que é?

Moscas volantes são pequenas manchas que se movem no campo visual. São produzidas pelo envelhecimento do vítreo, líquido transparente que preenche o interior do olho.

Formas

Pontos pretos ou cinzentos, linhas irregulares, fios, teias de aranha.

Sintomas

Aparecem como um conjunto de manchas ou pontos suspensos no campo visual. Normalmente, estes pontos são vistos de forma mais clara quando se olha para um fundo simples e brilhante, como a tela do computador ou o céu em um dia claro.

Causas

Geralmente elas aparecem na meia-idade, quando o vítreo começa a sofrer alterações. Às vezes, a degeneração vítrea provoca a separação da retina. Isto é conhecido como “descolamento do vítreo posterior” e é mais comum em pessoas míopes, que realizaram a cirurgia de catarata. O diabetes também é uma das causas do seu aparecimento. Pode estar associada com doenças oculares graves, tais como uveíte, hemorragia vítrea ou descolamento da retina.

Diagnóstico

Mapeamento da retina e, se necessário, complementado pela ultrassonografia ocular.

Tratamento

Sem um exame oftalmológico não é possível averiguar se as moscas volantes são graves. Qualquer aparecimento brusco de muitos novos flashes de luz ou flutuadores deve ser avaliado pelo oftalmologista. Nos casos em que a retina é afetada, é essencial realizar o tratamento a laser na área afetada para evitar o descolamento de retina. Não há tratamento médico para se livrar das moscas volantes. Só em casos muito excepcionais, pode ser realizada a cirurgia de remoção do vítreo. A cirurgia é intraocular realizada com anestesia local. Em geral, no entanto, Moscas Volantes diminuem ou desaparecem com o tempo, deixando de incomodar.