O que é?

A Ceratite, também chamada de “ceratomalacia” e “queratite”,  é uma condição em que a córnea (camada transparente que cobre a frente do olho) fica inflamada. Pode ser provocada por uma lesão ou infeção originada por vírus, bactérias, fungos ou parasitas.

Sintomas

A Ceratite é freqüentemente marcada por dor moderada à intensa. Geralmente, envolve sinais e sintomas como: dor nos olhos, visão turva, fotofobia (sensibilidade à luz), vermelhidão, inchaço ao redor do olho, secreção dos olhos e uma sensação de cisco ou areia nos olhos.

Causas

Surge com frequência pelo uso incorreto de lentes de contato, causando uma infecção por microrganismos. A Ceratite também pode acontecer devido a uma lesão ou uso inadequado de colírios. Recomenda-se consultar um oftalmologista em caso de olhos vermelhos e com sensação de queimação por mais de 12 horas.

Diagnóstico

Exames como a biomicroscopia e a ceratoscopia, além da microscopia especular, que definem se a córnea do paciente está lesionada.

Tratamento

A Ceratite tem cura e o diagnóstico precoce será importante para determinar o tipo específico e o tratamento mais adequado para o restabelecimento. Pode ser iniciado com o uso diário de pomadas ou colírios, adaptados ao tipo de Ceratite, que deverão ser prescritos pelo oftalmologista. Se a córnea é gravemente ferida ou diminuída, pode ser necessário um transplante de córnea para restaurar a visão.