O que é?

Também conhecida como celulite ocular, é uma infecção bacteriana rara dos tecidos que rodeiam o globo ocular. Pode propagar-se para os seios perinasais, dos dentes ou da corrente sanguínea, ou mesmo desenvolver-se após uma cirurgia ocular. Deve ser tratada como emergência médica oftalmológica, pois pode provocar cegueira se não for tratada adequadamente. Se esta forma de infecção é limitada ao tecido mole das pálpebras, é chamada de pré-celulite do septo. Ao contrário de outras inflamações, apresenta um grande edema na pálpebra.

Sintomas

Dor, inchaços, olhos salientes, menor movimento ocular, inflamação e escurecimento do globo ocular. O desconforto chega a tal ponto que, dependendo do caso, o portador não consegue abrir os olhos.

Causas

Podem ser muitas. Entre crianças, a Celulite Orbitária é comum após quadros de sinusite ou infecção respiratória. Entre adultos, a infecção pode ocorrer por microrganismos.

Diagnóstico

É feito com base no aspecto e localização da lesão, além da identificação de fatores tais como a situação clínica geral, idade do paciente, exames laboratoriais de rotina, hemoculturas e esfregaços corados pelo Gram.

Tratamento

A pré-celulite apresenta-se em menor gravidade do que a celulite orbital e, na maioria dos casos, pode ser tratada com medicação tópica, sem necessidade de hospitalização.