Saiba mais – retinopatia diabética


Olho normal e olho com retinopatia diabética

Mais de 5% da população mundial têm diabetes. Desses, muitos poderão desenvolver uma doença grave da visão: a retinopatia diabética, que resulta dos danos que o acúmulo de açúcar no sangue provoca nos vasos responsáveis pela irrigação na retina. Nesse texto, você fica sabendo outras informações sobre esse grave problema que causa a cegueira irreversível, mas também que tem tratamento, graças a importantes avanços na Oftalmologia. O Hospital de Olhos do Paraná dispõe de todos os recursos para propiciar ao portador de retinopatia diabética boa qualidade de visão.

O tratamento mais eficiente da retinopatia diabética ainda é a sua prevenção. Evitar que ela ocorra, impedindo os fatores que provocam o diabetes (altas taxas de açúcar no sangue, hipertensão, obesidade, sedentarismo, tabagismo e excesso de álcool). Ainda assim, com os novos avanços incorporados ao tratamento clínico, cirúrgico e por meio de exames de última geração, a retinopatia diabética já não representa os perigos que causava há alguns anos atrás.
Para os casos em que há edema de mácula é utilizado uma nova forma de tratamento que associa a injeçãointraocular de um anticorpo monoclonal (ranibizumabe ou bevacizumabe) ao tratamento de fotocoagulação com laser. Este tipo de tratamento é o que há de mais moderno para o tratamento do edema macular.
Para os casos mais graves de retinopatia proliferativa, além da injeção e do laser pode ser necessária a realização de uma cirurgia chamada vitrectomia para a retirada de hemorragias intraoculares e para a correção do descolamento da retina. É importante lembrar que, para que todos esses aliados da medicina resultem em boas perspectivas de controle da doença, no entanto, quem já apresenta fator de risco para a retinopatia diabética deve buscar ajuda sem perda de tempo.
Com o tratamento iniciado no momento certo e com visitas regulares ao médico, sem dar chances à evolução dos sintomas mais graves, é possível retornar às principais atividades do dia-a-dia mantendo-se boa qualidade visual.
Tratamento da retinopatia diabética –  veja os avanços nessa área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>