O que é?

Ou visão subnormal, é a grande perda da visão em ambos os olhos, sem condições de correção por meio de óculos convencionais, lentes de contato, medicação ou pela cirurgia refrativa. Baixa Visão não pode ser confundida com a cegueira, pois o seu portador tem uma visão útil, ainda que limitada, para ler impressos ampliados com auxílio óptico (aparelho especial que amplia consideravelmente a imagem).

Sintomas

Há diversos sinais e sintomas da Baixa Visão. Mesmo fazendo o uso dos óculos, o portador pode apresentar dificuldade para reconhecer o rosto de amigos e familiares; realizar tarefas simples, tais como ler, cozinhar ou costurar; visualizar placas e avisos.

Causas

Entre as crianças, as causas mais comuns são de ordem congênita (presentes no nascimento). Também pode ser adquirida por doenças como o diabetes, descolamento da retina, glaucoma, catarata, traumas oculares e degeneração da mácula (em pacientes idosos). É importante compreender, no entanto, que Baixa Visão pode ocorrer em qualquer faixa etária, porém pessoas de maior faixa etária são as mais atingidas.

Diagnóstico

Quando mais cedo for identificado o problema por um médico oftalmologista, mais chances de sucesso no tratamento. A consulta de rotina inclui exames que ajudarão a identificar se houve alteração significativa da acuidade visual do paciente.

Tratamento

Para ver de perto (óculos com lentes esféricas, óculos com lentes esfero-prismáticas, lupas normais e lupas de apoio). Para ver de longe (óculos, lentes de contato, telelupas, telescópios).