Novos médicos especializandos passam a integrar a família do Hospital de Olhos do PR

Ser bem acolhido, sentir-se como se fosse parte de uma grande família. Assim foi o pensamento geral dos novos especializandos do Hospital de Olhos do Paraná (HOP) e Instituto Professor Moreira (IPM), durante solenidade realizada dia 29, na qual receberam os seus jalecos e conheceram as pessoas com as quais conviverão durante a sua permanência no Hospital.

A diretora geral do HOP, Dra. Luciane Moreira, considerou o evento essencial, pois eles tiveram a oportunidade de integrar-se, aprender um pouco da filosofia, da ética e da integridade do Hospital. Parabenizou a todos pela uma etapa importante de suas carreiras profissionais.

Para o Dr. Carlos Augusto Moreira Neto, coordenador do Curso de Especialização em Oftalmologia do HOP, a oportunidade de transmitir o conhecimento eleva a curva de aprendizado e o vínculo com o paciente. Manter o mais alto nível de ensino dos jovens oftalmologistas permitirá, enfatizou, “que os preceptores também aprendam com eles”.

Guilherme Santanna, nascido no estado de São Paulo, considerou o momento da entrega do jaleco como uma “grande responsabilidade e uma honra para todos”. Disse que optou pela oftalmologia por influência indireta do avô, que foi retinólogo e trabalhou em Nova Iorque (EUA).

“Realização de um sonho”. Assim Yasmin Moreira, de Maringá, classificou a recepção. Disse que sempre quis fazer parte da equipe do HOP. Acrescentou que a acolhida proporcionada simbolizava “incentivo e inspiração”.

A mesma opinião foi compartilhada por Aline Hagui, de Diamantina (SP). Para ela, a entrega dos jalecos representou um importante “estreitamento de vínculo”. Afirmou que no HOP encontrou tudo o que precisava em termos de qualidade no aprendizado, nos equipamentos, na infraestrutura. Ariel, de Juiz de Fora (MG), concordou com Aline. “Encontrei no HOP tudo o que precisava”, afirmou.

O ano passado, de acordo com Fernanda Cenovicz, de Ponta Grossa, foi de “muito planejamento e estudo”. Reconheceu, ao receber o seu jaleco, que estava concretizando um sonho, dando início a uma importante etapa de sua vida.