Tecnologia entra na rotina do HOPR para revolucionar cirurgias na retina

O Hospital de Olhos do Paraná (HOPR) acaba de adquirir um equipamento que permite ao oftalmologista realizar cirurgias em 3D e, por isto, considerado pelos especialistas como muito importante em procedimentos que exigem profundidade de foco, como aqueles realizados na retina.

O médico oftalmologista Dr. Carlos Augusto Moreira Júnior, chefe do Serviço de Retina do HOPR, informa que o novo aparelho, denominado “Ngenuity”, é fabricado pelos laboratórios Alcon/Novartis e é um dos primeiros instalados no país. Ele acrescenta que, por suas características, o equipamento em breve poderá ser aplicado em todas as áreas da visão.

O “Ngenuity”, é composto por uma câmera que permite ao médico visualizar a imagem do olho aumentada centenas de vezes, em uma tela 4k de 55 polegadas. O médico não precisa olhar dentro do microscópio. Segundo o Dr Júnior, tais características propiciam uma cirurgia oftalmológica de última geração, pois permitem ao cirurgião obter melhor visualização do olho do paciente, com alta resolução, com maior profundidade de imagem, claridade e contraste de cor, ao mesmo tempo em que ajudam a minimizar a exposição do olho do paciente à luz.